Criando personagens: dicas para criar um bom personagem

Se você é um escritor que se preze, seja para plataformas digitais, livros físicos ou qualquer outro formato de escrita, criar bons personagens para suas histórias é essencial, certo? Certo! Personagens que cativam são necessários para prender o leitor e fazer com que ele se identifique cada vez mais com o enredo. Sem um bom protagonista ou vilão, sua história provavelmente estará condenada ao abandono de seu respectivo público. Que tal então, aproveitar algumas dicas para criar e desenvolver a identidade de seus personagens? Confira.

Identificação

Faça com que seu público se identifique com ele! Qual a faixa etária de seu público-alvo e que tipo de personalidade eles costumam ter? Pesquise e se informe acerca das características, gostos e desgostos para atribuí-los ao seu personagem. Quanto mais se identificarem, melhor será para o desenvolvimento e para que fiquem presos à história.

Conte sobre a personalidade e detalhes específicos como gostos musicais, séries favoritas (se for o caso), gostos culinários etc. Ainda que estas informações não sejam relevantes para história, além de ajudarem ao leitor no processo de visualizar o personagem, contribuirão também para gerar uma possível identificação com eles.

 

Como ele é e onde vive?

Fisicamente, todos temos características que nos diferem de outras pessoas. Esta é outra dica fundamental para auxiliar no processo de visualização do personagem. Como ele é? Defina traços físicos como cor da pele, cabelo, estatura, cor dos olhos,  etc. Além disso, invista também em informações acerca do lugar onde vive, porque vive e quanto tempo está ali. Esse tipo de conteúdo sem dúvidas vai contribuir para seu público se lembrar da história e do personagem.

 

Qual a sua história?

Todos temos uma história! Seu personagem, portanto, também precisa de uma. O que aconteceu para que ele se tornasse quem é atualmente? Quais são os seus traumas, fraquezas, desejos, pontos fortes e etc? Crie um contexto histórico que antecede o contexto atual da história, para justificar possíveis atitudes, decisões ou até manias, por exemplo. Todos somos, de certa forma, o reflexo do que vivemos no passado. Invista em uma boa história e fortaleça ainda mais a identidade de seu personagem e história.

 

Qual a sua finalidade?

Por que o seu personagem está ali e qual será sua contribuição para a história?

Se quer realmente ter personagens memoráveis em seu enredo, eles precisarão dar uma contribuição, por menor que seja, no decorrer da história, seja guardando uma informação confidencial e necessária, ajudando a alguém de peso para o enredo ou simplesmente, que seja criado para que o público se identifique e ele seja morto, futuramente, para gerar comoção. Personagens de sagas literárias fantasiosas, por exemplo, geralmente nasceram com um propósito previamente estabelecido e toda a história gira em torno disso. Seja qual seja a contribuição, ela precisa existir e ser bem desenvolvida. Capriche!

Seu personagem é necessário e ser bem desenvolvido é fundamental para gerar identificação e empatia. Seja criativo e invista tempo e dedicação neste processo, para que sua história se torne ainda mais completa e interessante para seus leitores. Sucesso!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *